#SoltandoOVerbo

“de um só fez toda a raça humana para habitar sobre toda a face da terra, havendo fixado os tempos previamente estabelecidos e os limites da sua habitação; para buscarem a Deus se, porventura, tateando, o possam achar, bem que não está longe de cada um de nós” (At. 17:26-27)

Essa passagem nos mostra algo maravilhoso: Deus está perto de nós!

Mais do que isso: Ele quer se aproximar de nós.

Ele criou todas as coisas, a natureza, as estrelas, o mundo, para que víssemos Sua glória e, assim, pudéssemos ter o desejo de nos aproximar dele.

Ele também nos mostra Seu coração: Apesar de ser um Deus infinitamente grande e glorioso, Ele escolheu estar ao nosso lado. Ele veio, em carne, habitar entre nós! (Jo. 1:14 “o #Verbo se fez carne)

Qual a nossa parte nisso? Devemos demonstrar a glória de Deus a todos os povos, para que O vejam na Sua criação e em nossas vidas, para que cada pessoa O busque de todo coração.

E “todo aquele que O invocar será salvo”! (Rm. 10:13)

Aproximar-se de Deus. Deixe-O se achegar a você.

E #SolteOVerbo. Fale de #Jesus, para que Ele fique perto de todos nós.

#SoltandoOVerbo
#JesusCristo
#Missões
#Blog
#GoFlechas (Ver no Instagram: http://ift.tt/2jOTdMG)

Anúncios

#SoltandoOVerbo

“Eu sou a videira; vós sois os ramos. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” (Jo. 15:5)

Nessa passagem, Jesus nos mostra de forma muito clara Seu desejo para nossas vidas: Permanência em Sua presença. “Permanecer” aparece 12 vezes nos primeiros 16 versículos! Jesus com certeza queria chamar nossa atenção para isso.

Ele não faz uma comparação com algo temporário, ou que pode ser retirado (como uma cadeira de madeira ao lado de uma mesa), mas sim com algo fixo, permanente, (como os ramos de um árvore, que dependem dela). O que aprendemos com isso? Ele não quer que O visitemos. Ele quer que habitemos em Sua presença! Ele nos convida a permanecer nele. Ele quer que Sua Palavra permaneça em nossos corações.

Pra concluir essa ideia, neste versículo, Ele nos faz um alerta: “porque sem mim nada podeis fazer.” Para darmos frutos, para sermos transformados, para sermos agentes de transformação, para recebermos bençãos, para sermos bênção, precisamos permanecer Nele.

Que possamos permanecer em Jesus, como ramos que não são cortados da videira!

#SoltandoOVerbo
#Blog
#Permanecer
#Jesus
#GoFlechas (Ver no Instagram: http://ift.tt/2xpXVpw)

#SoltandoOVerbo

“Terei prazer nos teus decretos; não me esquecerei da tua palavra.” (Sl. 119:16)

Nos dias de hoje vemos muitos cristãos se esquecendo da Palavra. Vão à igreja, adoram, louvam, ouvem a pregação, tem uma família aos pés de Cristo, mas não lêem a Bíblia.

Parece ser algo simples, mas é essencial à vida cristã: a leitura da Bíblia, a meditação na Palavra, o estudo das Escrituras.

Quando a lemos regularmente, nos alimentamos dela. Nosso organismo começa a ser transformado por ela e toda nossa vida será influenciada por ela.

Além disso, ao lermos a Palavra, entramos em contato direto com o Verbo, aquele que é a Palavra: Jesus!

Você já leu a Bíblia hoje? Já teve comunhão com o Verbo? (E você sabia que o Salmo 119, maior capítulo da Bíblia, fala, em todos os versículos, da Palavra de Deus?) Que tenhamos prazer na Palavra do Senhor!

Como você costuma meditar na Palavra? Deixe sua resposta nos comentários abaixo… #SoltandoOVerbo
#Blog
#PalavraDeDeus
#Jesus
#GoFlechas (Ver no Instagram: http://ift.tt/2x6aHHh)

E se não fosse bala perdida?

Nos últimos dois meses o Brasil acompanhou a triste história do menino Arthur, vítima de uma bala perdida ainda na barriga da mãe. Chegou a ter o prognóstico de perder os movimentos das pernas, resultado da bala, que atravessou seu tórax, perfurou os dois pulmões e atingiu sua coluna. Teve que ser retirado do útero às pressas mas, após cerca de um mês no CTI, não resistiu e veio a falecer, no último dia 30.

Triste história, que tornou-se um símbolo no combate à violência no Brasil.

Que a família do Arthur possa ser consolada nesse terrível momento de tristeza. E que o quadro de violência no nosso país possa ser revertido!

Mas, acompanhando a pequena vida do Arthur, lembrei-me da triste história da menina Júlia.

Sua mãe descobriu que estava grávida na quarta semana de gestação, e isso causou uma revolução na sua família – seria o primeiro neto. Seu pai, que ainda não morava com a mãe, ficou sem palavras ao saber. Ficou bastante preocupado, visto que estava desempregado, mas começaram a planejar a vinda da Júlia.

A vida seguia como a de muitos pais de primeira viagem, até que o fatídico dia chegou.

Naquele dia, a pequena Júlia, com apenas 3 meses de gestação foi morta. Esfaqueada. Esquartejada. Assassinada dentro do ventre de sua mãe.

Júlia não teve nem mesmo a chance de lutar por sua vida, como Arthur.

Não ficou um só dia no CTI. Não teve sua vida tratada e protegida por nenhum médico. Nunca sequer houve a chance de viver, ainda que sem o movimento das pernas.

Morreu em poucos segundos.

E ninguém ouviu falar de sua história.

O motivo é muito simples: O homicídio de Júlia não foi criminoso. No país onde ela nasceria, esse tipo de homicídio é previsto em lei. Tem, inclusive, um nome especial:

Aborto.

O aborto não é apenas uma “interrupção da gravidez”. Não é uma “expulsão prematura de um feto“. É o assassinato de uma criança – muitas vezes de forma brutal.

Não é incrível como choramos pela morte de Arthur (e deveríamos), mas vemos diariamente milhões lutando para que se aprove o assassinato brutal de crianças, como Júlia?

Qual a diferença entre o Arthur e a Júlia?

Um foi vítima de bala perdida. A outra, vítima de esfaqueamento.

Não é interessante como todos chamaram Arthur de “criança“, “menino“, “ser humano” (o que de fato ele é), mas insistem em chamar Júlia de “feto” e “embrião” (o que, de fato, ela é – além de também ser “criança”, “menina” e “ser humano”)? Será que só o fazem para ignorarem sua humanidade?

Até quando?

“Então, disse Hazael: Por que chora o meu senhor? Ele respondeu: Porque sei o mal que hás de fazer aos filhos de Israel; deitarás fogo às suas fortalezas, matarás à espada os seus jovens, esmagarás os seus pequeninos e rasgarás o ventre de suas mulheres grávidas.” (2 Rs. 8:12)

O inimigo já age assim há muito tempo: Rasgando o ventre das grávidas. E cabe a nós orar e lutar contra isso.

Por menos histórias como a do Arthur.

E por menos histórias como a da Júlia.

#NãoÀMorteDeCrianças
#NãoAoAborto

#SoltandoOVerbo

 

“O nome do Senhor é uma torre forte; o justo corre para ela e permanece seguro.” (Pv. 18:10)

Que promessa maravilhosa temos neste versículo!

Sempre que clamarmos ao nome do Senhor, e nos colocarmos debaixo da sombra da Sua mão Ele nos protegerá.

A chave deste versículo é esta: “o justo corre para ela.” A realidade é que o nome do Senhor é proteção para aqueles que seguem a justiça. Mas o que não clama ao Senhor fica desprotegido.

É por isso que devemos #SoltarOVerbo, falar de Jesus: Para que mais pessoas clamam o Seu nome, corram para essa torre forte, e entrem na presença de Deus!

Corra para a Torre Forte. Clame pelo nome do Senhor. Fale de Jesus!

#SoltandoOVerbo
#Jesus
#Blog
#GoFlechas (Ver no Instagram: http://ift.tt/2tmxU5I)

SaveSave

#SoltandoOVerbo

“Creio em Deus como eu creio que o sol nasceu. Não apenas porque O vejo, mas porque, por causa dele, vejo todo o resto.” – C. S. Lewis

Diversas vezes na Palavra lemos que Jesus curou a muitos cegos, dando-lhes visão.

Mais do que dar visão física, ele também abria seus olhos espirituais – muitos passavam a ver que Ele era o Messias esperado!

Jesus ainda age assim hoje em dia. Através dele, passamos a ver as coisas como elas realmente são.

Que Jesus possa restaurar nossos olhos, para vermos este mundo através dos seus olhos!

Vamos ver como Ele! Vamos ser os Seus olhos!

#SoltandoOVerbo
#Jesus
#Blog
#GoFlechas (Ver no Instagram: http://ift.tt/2uSTmQG)

#SoltandoOVerbo

“Não chores, pois o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e romper os sete selos.” (Ap. 5:5)

Em Apocalipse, João traz muitas revelações do que irá acontecer no futuro.

No entanto, ele nos fala de algo que já aconteceu no passado: O Leão venceu!

Que revelação maravilhosa!

Jesus, o Leão da Tribo de Judá não vai vencer. Ele já venceu! Ele já tem a vitória!

Paulo nos fala: “Em todas as coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” (Rm. 8:37)

Aleluia! Em Cristo, somos vencedores, pois Ele já venceu!

Vamos #SoltarOVerbo e falar da vitória do Leão da tribo de Judá!

#SoltandoOVerbo
#Blog
#Jesus
#GoFlechas (Ver no Instagram: http://ift.tt/2s04rhb)