Presentes Para Jesus

Nem sempre quando damos presentes, pensamos somente em quem os recebe. Muitas vezes damos algo que nós gostamos. Mas não deveria ser assim. Imagine dar um CD de rock pra alguém que é fã de sertanejo. Ou fazer um churrasco pro teu amigo vegetariano. Me lembro que fui em uma cerimônia onde presenteariam pessoas que promoviam a Israel. Na festa havia, é lógico, muitos judeus. E serviram pão com presunto. Presunto! Pra judeus. Ok, ok. Deixemos isso de lado.

Mas algo que sempre temos que ter em mente quando damos um presente é: pra quem estamos dando o presente. O presente tem que ser “a cara” de quem ganha.

E pra Jesus? Se fossemos convidados para o seu aniversário. O que a gente levaria?

(Se quiser ler mais sobre o aniversário de Jesus, veja outro post neste blog, aqui.)

Você sabe qual a comida preferida de Jesus? Eu acho que seria uma boa ideia saber, já que Ele nos fala que quer cear conosco.

João 4:34 nos dá a resposta:

“Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.”

Ou seja, quando Jesus te visitar em um jantar, você já sabe do que Ele gosta. Obediência.

Mas e quanto aos presentes? Qual presente daríamos para Jesus. Mateus 2:11 nos fala de presentes que Jesus ganhou.

“Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouroincenso e mirra.” (Mt. 2:11)

Esses presentes foram dados por sábios do oriente logo assim que Jesus nasceu. E, com certeza, a viagem deles para visitar o Rei dos Judeus, após verem uma estrela diferente no céu, não foi curta. O Irmão Yun, em um de seus livros comenta que eles poderiam até mesmo ser chineses, que foram a Israel pela Rota da Seda. Mesmo assim, podemos ter certeza de que eles carregaram esses presentes por um bom tempo, com um único objetivo: presentear aquele menino de uma forma especial, com presentes que eles sabiam–ou queriam–que o menino usasse por um bom tempo.

E Jesus usou cada um desses três presentes por toda sua vida. Ele gostou tanto deles que nunca deixou de ter ouroincensomirra. O que cada um deles representa?

Ouro

O ouro representa realeza.

O ouro nunca é usado para coisas simples, mas itens que trazem um significado mais profundo, uma ligação mais forte. Alianças de compromisso são de prata; de noivado e casamento são de ouro. O segundo colocado recebe uma medalha de prata; o campeão uma de ouro. As coroas dos reis são feitas de ouro.

O Tabernáculo de Moisés tinha três partes: Átrio, Santo Lugar e Santíssimo Lugar. No Átrio, parte mais externa, tinha uma mobília revestida de bronze. Mas no Santo Lugar e no Santo dos Santos as mobílias eram cobertas de ouro puro. A Arca da Aliança, que representava a Presença de Deus era uma caixa de madeira de acácia (única madeira que não apodrece), coberta de ouro, com uma tampa feita de ouro puro. E era ali que a Presença de Deus se manifestava. Em cima de um objeto de ouro puro.

“De ouro puro a cobrirás; por dentro e por fora a cobrirás e farás sobre ela uma bordadura de ouro ao redor.” (Êx. 25:11)

Para que o Rei nos visite basta convidá-Lo. No entanto, para que Ele permaneça, temos que preparar um local para que Ele possa se assentar. E um Rei só se assenta no trono.

Se quisermos que Jesus permaneça em nossas vidas, teremos que estabelecer um trono para Ele. Teremos que entender que Ele é Rei. O que Ele fala vai acontecer. E, se estivermos no Seu Reino, teremos que obedecer. Simples assim.

Para que Jesus permaneça em nossas vidas, precisamos dar a Ele ouro.

Incenso

O incenso representa adoração.

Jesus viveu adoração. Ele sempre adorou ao Pai, e sempre foi adorado. Ele sempre nos mostrou o caminho para a adoração. Em um dos meus versículos favoritos, Ele nos explica muito sobre esse assunto:

“Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.” (João 4:23)

Esse versículo é tão profundo, e não é o objetivo entrar em muitos detalhes, mas deixe-me falar um pouco.

1. Deus não procura adoração. Ele é adorado. Ele procura adoradores. O que Ele quer é o nosso coração, não o que fazemos por Ele. Ele quer um relacionamento.
2. É o Pai quem procura. Por isso, o relacionamento que Ele quer é entre um Pai e um Filho. Como Jesus e o Pai.

A vida de Jesus foi uma vida de adoração. De todas as histórias que Ele passou, foi a adoração de uma mulher que Ele profetizou que seria contada em todos os lugares.

Se quisermos viver como Jesus, tendo um relacionamento íntimo com o Pai como Ele teve, temos que dá-lo incenso.

Além disso, há algo que não podemos esquecer:

A palavra adoração contém a palavra oração. E dentro da palavra oração há a palavra ação. Adoração, oração e ação tem que viver juntas. (Quem sabe um dia não escrevo sobre isso?)

Mirra

A mirra significa sofrimento ou sacrifício.

Jesus sempre sofreu. Pode parecer que Ele tenha sofrido apenas nas últimas horas de Sua vida na terra, mas eu creio diferente. Embora Ele estivesse feliz de estar perto de seus irmãos–nós–não foi uma vida fácil. No céu, Ele não tinha fome, sede, não se cansava, não se machucava e, com certeza, não era tentado pelo inimigo. Aqui na terra, no entanto, Ele passou por tudo isso. Ele sofreu e muito.

Aliás, sofrer e morrer era Seu motivo para viver. Ele nasceu para isso. Veio à terra para sofrer por nós.

E é assim que deveríamos viver: uma vida de sacrifícios. Romanos 12:1 diz assim:

“Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.”

O apóstolo Paulo nos roga que nos apresentemos como sacrifício vivo, ou, em outras palavras, que tenhamos uma vida sacrificial. Que possamos derramar mirra diariamente em nossas vidas.

Eu adoro 1 João 3:16 na versão da The Message:

“É assim que podemos entender e experimentar o amor: Cristo sacrificou Sua vida por nós. E é por isso que deveríamos viver sacrificialmente pelos nossos irmãos, e não apenas por nós. Se você vir um irmão ou irmã em necessidade e tiver os meios para fazer algo, mas virar as costas e não fazer nada, o que aconteceu com o amor de Deus? Ele desapareceu. E você o fez desaparecer.”

Essa é a vida sacrificial de Romanos 12:1. Uma vida que representa a mirra.

Se quisermos viver como Jesus, teremos que dá-lo mirra.

Jesus ganhou ouro, incenso e mirra, e gostou tanto dos presentes, que os usou todos os dias de Sua vida. Na verdade, esses presentes resumem muito bem Sua missão na terra. Ele sofreu para que pudéssemos fazer parte de Seu Reino, adorando-O em espírito e em verdade.

Ouro, incenso e mirra. Realeza, adoração e sofrimento.

Anúncios

Autor: André Scultori

Um missionário para esta geração. A missionary for this generation.

3 comentários em “Presentes Para Jesus”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.