“Os Anjos Podem Ver?”

“Os anjos podem ver?”

Foi com essa pergunta que a conversa começou. O rapaz veio até mim no final do culto, falando que tinha uma dúvida. Se encostou na parede perto da cadeira onde eu estava sentado e fez essa pergunta.

Se fosse desenho animado, talvez um ponto de interrogação teria aparecido acima da minha cabeça.

Não entendi a pergunta (assim como talvez vocês também estejam curiosos agora), e perguntei de volta: “Como assim?”

“Lá em Isaías não fala que os anjos cobrem o rosto?”, me falou como se não fosse uma pergunta tão diferente assim.

“Agora começou a ficar mais claro”, pensei.

“Não, não é isso.”, respondi. “Em Isaías (Is. 6:2) fala que os serafins tinham seis asas, com duas cobriam o rosto, com duas os pés e com duas eles voavam. Mas cobriam o rosto como a gente coloca as mãos sobre os olhos quando o sol está muito forte e machuca nossa vista. Eles estão na presença de Deus e a glória dEle é tão forte que os serafins precisam cobrir os olhos. Mas eles vêem sim.”

“Ah, sim”, disse ao final da explicação.

Mas dava pra perceber que ele não estava satisfeito. Agora o ponto de interrogação estava sobre a cabeça dele.

“Mas e aquela música que fala do que os anjos veem?”

Aí entendi melhor a pergunta.

Naquele culto havíamos adorado com a canção “Só Quero Ver Você” do Filipe Hitzschky e da Laura Souguellis, em que há uma parte que diz:

“O que é que os anjos veem que os fazem se prostrar?

O que é que os anjos veem que os fazem cantar ‘Santo'”

Então eu expliquei que essa canção mencionava passagens como Isaías 6:3 ou Ap. 5:11-12 que fala de serafins, anjos e os seres viventes que, ao verem a glória de Deus, só tem uma reação que é levantar uma Adoração a Ele. (E é o que nós deveríamos fazer sempre.)

Finalmente tudo foi explicado e ele saiu satisfeito com a resposta.

Mas, depois, eu fiquei pensando no que aconteceu. Naquele mesmo culto eu o havia visto adorando a Deus de forma muito sincera e com o coração entregue a Deus – até mesmo com essa música que ele não entendia totalmente.

E isso me lembrou dos irmãos de Bereia, lá de Atos:

“Os de Bereia tinham mente mais aberta [eram mais nobres] que os de Tessalônica, pois se mostraram muito interessados ao receber a palavra, examinando diariamente as Escrituras para ver se as coisas eram de fato assim.” (Atos 17:11)

Esses irmãos eram como esse rapaz. Eles recebiam tudo com o coração e a mente aberta, mas procuravam saber se aquilo era bíblico ou não.

E como seríamos mais abençoados se fizéssemos o mesmo.

Muitos tem grandes barreiras para receber algo novo, com medo de ser alguma heresia, ou algo que vá contra sua visão. Os irmãos da Bereia (e esse bereano que perguntou se os anjos veem) recebiam tudo de forma aberta. Eles sempre buscavam o novo de Deus. E nós não podemos esquecer que Deus sempre tem algo a mais para nós.

Mas eles também não engoliam qualquer coisa. Sempre procuravam saber se o que eles haviam ouvido era algo de acordo com a Palavra, que, portanto, poderiam receber em suas vidas, ou não, que, portanto, deveriam rejeitar. E nós também não podemos aceitar qualquer coisa só porque um irmão falou – nosa Base tem que ser a Bíblia.

Talvez eles perguntassem para Paulo no final dos cultos: “Os anjos podem ver?”

Nós precisamos aprender a ter equilíbrio como os bereanos: Aceitar coisas novas de coração, rejeitando apenas aquelas que que são contrárias à Palavra.

Esse rapaz adorou a Deus – recebeu algo novo – mesmo sem entender totalmente. Mas, ao final, procurou saber se o que ele havia cantado era bíblico.

Foi aí que percebi que ainda há irmãos como os de Bereia entre nós. Que muitos mais sejam como eles!

Anúncios

Autor: André Scultori

Um missionário para esta geração. A missionary for this generation.

Uma consideração sobre ““Os Anjos Podem Ver?””

  1. Sabe o que é que eles vêem???Sabe o que eles vêem????
    Em lagrimas…e no secreto a revelacao é dada….
    Eles vêem as marcas da Cruz!
    Isso faz os anjos se prostarem. ..isso faz os anciãos lancem suas coroas…
    ELES SÃO 1 !!!!Ele carrega as marcas eternas do amor…as marcas estão lá…de eternidade em eternidade

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.